Dados do Caso

Gastrointestinal

Emergência

TORÇÃO DO APÊNDICE EPIPLOICO DO LIGAMENTO FALCIFORME: UMA RARA CAUSA DE DOR NO HIPOCÔNDRIO DIREITO

324
Destaque
Tipo Caso 1
  • ISADORA BUSSOLO HEINZEN - HOSPITAL SANTA CATARINA BLUMENAU
  • RAFAEL SANTIAGO OLIVEIRA DE SALES - HOSPITAL SANTA CATARINA BLUMENAU
  • ALEXIA SCHWANKE DA COSTA - HOSPITAL SANTA CATARINA BLUMENAU
  • ISABELA ROLIM ADRIANO - HOSPITAL SANTA CATARINA BLUMENAU
  • WANESSA GOMES RIBEIRO - HOSPITAL SANTA CATARINA BLUMENAU
-
14/07/2021
15/07/2021
Feminino , 59 anos
Abdome Agudo, Tomografia Computadorizada Multidetectores, Ligamentos

Resumo

O ligamento falciforme é um remanescente fibroso do mesentério ventral e é um marco anatômico na divisão entre os lobos direito e esquerdo do fígado. As afecções patológicas do ligamento falciforme são extremamente incomuns. Uma rara condição é a torção e inflamação do apêndice epiploico do ligamento falcifome, importante causa de dor abdominal aguda, que pode ser diagnosticada através da ultrassonografia ou tomografia computadorizada (TC).

Histórico Clínico

Feminina, 59 anos, com dor no hipocôndrio direito há 1 dia. Negava outros sintomas. Laboratório apresentando apenas discreto aumento da proteína C reativa. Realizada tomografia computadorizada do abdome, que evidenciou processo inflamatório local do apêndice epiploico do ligamento falciforme. O tratamento conservador foi a escolha terapêutica.

Achados Radiológicos

A tomografia computadorizada é o exame de escolha para o diagnóstico desta entidade, como ocorreu em nosso caso clínico (Figura 1). A TC evidenciou um nódulo oval, com densidade de gordura, no trajeto do ligamento falciforme, limitado perifericamente por um halo hiperdenso, correspondendo ao peritônio. Habitualmente há densificação adiposa envolvendo o apêndice lipomatoso, como apresentado neste relato (Figuras 2 e 3).

Discussão

Formado por uma dupla camada de peritônio, o ligamento falciforme contém uma considerável quantidade de gordura extraperitoneal, estendendo-se sagitalmente da superfície superior do fígado até a região inferior do diafragma, adentrando até a porção posterior da parede abdominal [1 ,2]. As afecções patológicas do ligamento falciforme são extremamente incomuns. A torção e inflamação do apêndice lipomatoso do ligamento falciforme é uma rara afecção clínica, e portanto até o momento existem poucos casos descritos na literatura [1, 3, 4]. A fisiopatologia desta entidade é semelhante a inflamação focal da gordura intraperitoneal, incluindo o infarto omental e a apendagite epiplóica [5, 6]. Habitualmente o quadro clínico manifesta-se por dor focal no hipocôndrio direito e exames laboratoriais inespecíficos, podendo ser facilmente confundida com outras causas álgicas como colecistite, gastrite e pancreatite [1]. Frequentemente, o diagnóstico exige exames de imagem, e tanto a ultrassongrafia quanto a tomografia computadorizada conseguem identificar esta entidade patologia [4, 7]. Ao ultrassom manifesta-se por uma massa ou nódulo incompressível, hiperecogênico, podendo apresentar um halo periférico hipoecogênico, situado no ponto doloroso referido pelo paciente [1]. Entretanto, a sensibilidade deste método de imagem é baixa, provavelmente devido ao desconhecimento desta patologia. Porém, a ultrassonografia nos permite excluir outras causas de dor abdominal alta [1]. A tomografia computadorizada é o exame de escolha para o diagnóstico desta entidade, como ocorreu em nosso caso clínico [1]. O tratamento é conservador, ficando a cirurgia reservada apenas para os casos de dor persistente [1,5].

Lista de Diferenciais

  • Diverticulite
  • Pancreatite
  • Gastrite

Diagnóstico

  • Torção do Apêndice Epiploico do Ligamento Falciforme

Aprendizado

A torção do apêndice epiploico do ligamento falciforme é uma condição rara, mas que deve ser incluída nos diagnósticos diferenciais de dor no hipocôndrio direito.

Referências

  • 1. Uyttenhove F, Leroy C, Nzamushe Lepan Mabla JR, Ernst O. Torsion of a fatty fringe of the falciform ligament, a rare cause of right hypochondrial pain. Diagn Interv Imaging 2013; 94(6), 637-639.
  • 2. Bills D, Moore S. The falciform ligament and the ligamentum teres: friend or foe. ANZ journal of surgery 2009; 79(10), 678-680.
  • 3. Maccallum C, Eaton S, Chubb D, Franzi S. Torsion of fatty appendage of falciform ligament: acute abdomen in a child. Case reports in radiology, 2015; 2015:293491.
  • 4. Coulier B, Cloots V, Ramboux A. US and CT diagnosis of a twisted lipomatous appendage of the falciform ligament. European radiology 2001; 11(2), 213-215.
  • 5. Horak RD, Mega JD, Tanton PJ, Criman ET, Tabak BD, Rooks VJ. Fatty-falciform ligament appendage torsion (F-FLAT): diagnosis and management in a pediatric patient. Radiology case reports 2020; 15(3), 181-185.
  • 6. Silva CF. Infarction of torsed lipomatous appendage of the falciform ligament. Acta Radiológica Portuguesa 2018; 30(1), 41-42.
  • 7. Kumar, M, Babu PS, Ravishankar KS. Torsion Of A Fatty Fringe Of The Falciform Ligament, A Rare Cause Of Acute Abdomen. Global Journal For Research Analysis 2019; 8 (9) 75-76.

Informações do Caso

:
: Ahead of DOI

Imagens

+ Veja todos

Vídeos

11 3372-4544