Case data

Head and Neck

Head and Neck

ARMADILHA DURANTE AVALIAÇÃO DE TOMOGRAFIA DOS SEIOS DA FACE

239
Ensino
Tipo Caso 1
  • VITOR OLIVEIRA MACHADO - CENTRO DE RECURSOS DIAGNÓSTICOS LTDA; CRER-CENTRO DE REAB.E READAP. DR. HENRIQUE SANTILLO-ASSOC. GOIANA DE INTEG. E RE
  • DANIELA RODRIGUES MOHN - CENTRO DE RECURSOS DIAGNÓSTICOS LTDA
MARIA EDUARDA CORDEIRO BARROSO ROCHA - CENTRO DE RECURSOS DIAGNÓSTICOS LTDA
Email: barroso.dudinha@gmail.com
11/12/2020
1/7/2021
Feminino , 51 anos
Seios Paranasais, Tomografia

Abstract

Os exames de cabeça e pescoço são frequentemente desafiadores devido a sua anatomia complexa e aos diagnósticos diferenciais nem sempre amplamente conhecidos - o que coloca o radiologista inexperiente em situações para as quais ele pode não estar preparado. Neste relato, avaliamos a história de uma paciente que realizou uma TC de Seios da face, e cuja presença de corpo estranho mastigável foi uma armadilha para o seu diagnóstico, por falsear tumor e infecção em um quadro clínico sugestivo.

Clinical History

Mulher de 51 anos, diabética e com queixa de cefaleia há mais ou menos 30 dias, tosse, coriza nasal, evoluindo com dor retro-orbitária à direita e inchaço na hemiface direita. Relata que não houve melhora dos sintomas após o uso de analgésicos. Exames laboratoriais sem alterações significativas, solicitado então tomografia de seios da face.

Radiological findings

FIG 1: Imagem nodular circunscrita e homogênea com densidade média de 450 UH no sulco gengivobucal inferior direito, notando-se foco gasoso de permeio, sem determinar erosão ou remodelamento de estruturas ósseas adjacentes. FIG 2: Foco gasoso adjacente imagem nodular, sendo outro achado que sugere corpo estranho mastigável.

Discussion

A história clínica desta paciente, seja por ser de idade avançada, portadora de diabetes mellitus e sintomas respiratórios, inicialmente direcionou a equipe de residentes do serviço para a busca por sinais inflamatórios e sinais de remodelamento ósseo adjacente a imagem nodular encontrada - os quais não foram achados. Além disso, a imagem não possuía realce, sua densidade média (UH) era elevada, e possuía um local de apresentação atípico para os diagnósticos diferenciais inicialmente considerados (malformações ósseas, cálculo, abscesso e hematomas). Na discussão do caso com o staff do serviço de residência, após discussão e pesquisa na literatura, direcionou o que antes parecia ser um complexo diagnóstico, para uma "simples" presença de corpo estranho oral comestível / mastigável (em inglês "Comestible or chewable intraoral foreign bodies - IOFB") como uma bala ou chiclete - o que foi confirmado quando a equipe entrou em contato com a paciente e ela informou que, de fato, estava com um chiclete durante o exame. A presença incidental de IOFB frequentemente acontece na TC de seios da face (1). Apesar disso, existem ainda poucos estudos sobre aparência destes corpos estranhos, o que determina a importância dessa discussão, haja vista a possibilidade de uma interpretação errada pelo radiologista. Portanto, este relato propõe um alerta, em especial para radiologistas ainda inexperientes, e uma revisão da escassa literatura a nossa disposição: achados que podem auxiliar na constatação de um IOFB são imagem nodular com densidade elevada (maior que a do tecido mole subjacente) - o que foi encontrado no exame da paciente deste relato (1), e outro comum achado é o colapso da mucosa em volta do IOFB rígido com foco gasoso adjacente.

List of Advantages

  • Malformações ósseas
  • Cálculo
  • Abscesso
  • Hematomas

Diagnosis

  • Corpo estranho oral comestível / mastigável.

Learning

É importante reconhecer possíveis artefatos que podem mimetizar doenças, principalmente quando o tema é cabeça e pescoço, visto que o diagnóstico tardio ou errado podem levar a situações extremas. Até hoje temos muitos relatos de caso / ensaio iconográficos sobre mimetizadores em outras regiões do corpo porém nos seios da face ainda são escassos.

References

  • 1. McDermott M, Branstetter BF, Escott EJ. What’s in Your Mouth? The CT Appearance of Comestible Intraoral Foreign Bodies. American Journal of Neuroradiology. 2008 May 22;29(8):1552–5. ‌

Case Information

:
: Ahead of DOI

Images

+ See All

Videos

11 3372-4544